Categoria: JUSTIÇA

Defesa de Lula denuncia conspiração da ‘Orcrim’ de Moro e Deltan

Por Redação Urbs Magna

Os advogados de defesa do ex-presidente Lula divulgaram nota neste domingo (18) sobre as novas mensagens reveladas pelo site Intercept Brasil e o jornal Folha de São Paulo, que mostram uma conspiração da Lava Jato para burlar a lei e acessar dados de familiares do petista na Receita Federal. Para a defesa, as mensagens “reforçam que o ex-presidente da República Luiz Inacio Lula da Silva é vítima de uma conspiração”

Anúncios

Lula sabe que será solto, que Moro e Dallagnol cairão e que Bolsonaro sofrerá impeachment – saiba por que

Por Redação Urbs Magna

A Vaza Jato tornou a prisão do petista insustentável, o ex-juiz já prepara sua evasão do governo – como vimos em sua aproximação com Doria, e Bolsonaro já amarga sua deposição voltando a atacar seus opositores e tentando inflar os egos de seus últimos seguidores atirando seu cocô na esquerda

CPI da Lava Jato pode desbaratar organização criminosa de Moro e Dallagnol

Por Redação Urbs Magna

Novas conversas da Vaza Jato mostram, que além do conluio estabelecido para levar o ex-presidente Lula à prisão, procuradores atuaram à margem da lei para obter, com um auditor da Receita, dados sigilosos de pessoas que sequer eram investigadas pela operação Lava Jato; Paulo Pimenta (PT) aponta crime e defende abertura de CPI

Bombou: Dallagnol tenta se defender no Twitter dizendo que fraudar sigilo da Receita Federal é legal, se enrola, reconhece autenticidade dos diálogos, entra em contradição e toma invertida – Imperdível

Por Redação Urbs Magna

Coordenador criminoso da Lava Jato reconheceu a autenticidade dos diálogos da Vaza Jato e entrou em contradição. SÓ LHE RESTA A CADEIA

Folha revela escândalo de Bolsonaro na PF para proteger o filho Flavio

Por Redação Urbs Magna

Segundo a Folha, existiria apenas uma razão para a pressão de Jair Bolsonaro para demitir o superintendente da Polícia Federal no Rio, Ricardo Saadi: proteger seu filho Flávio. A investigação da PF teve como início o uso irregular de recursos manipulados pelo ex-motorista Fabrício Queiroz, mas rumava para o levantamento de conexões s entre milícias