Anúncios

Wikileaks oferece €20 mil por pista dos assassinos da blogueira que denunciou corrupção em Malta

1

Julian Assange, do site Wikileaks, publicou uma mensagem no microblog Twitter, onde ofereceu uma recompensa de vinte mil euros por pistas dos assassinos de uma  blogueira que foi assassinada por revelar ao mundo a corrupção no governo de seu país, Malta

Assange publicou: “Indignado ao ouvir que a jornalista investigativa e blogueira maltense Daphne Caruana Galizia foi assassinada nesta tarde, não muito longe de sua casa, com uma bomba em seu carro. Ofereço recompensa de € 20k por informações convictas de seus assassinos. Seu blog: https://daphnecaruanagalizia.com”

A blogueira de Malta, conhecida por seu jornalismo investigativo, fez graves denúncias contra seu governo e foi assassinada nesta segunda-feira apoós seu veículo ter sido sabotado com uma bomba e explodido próximo à sua residência.

 

A morte de Caruana Galizia, de 53 anos, ocorre quatro meses após a vitória do Partido do atual presidene nas eleições gerais convocada por ele, após uma série de escândalos envolvendo seus aliados. A blogueira desempenhou um papel fundamental na revelação desses escândalos.

Muscat, primeiro-ministro desde 2013, adiantou em um ano as eleições depois que seu ministro da Energia, seu chefe de gabinete e até mesmo sua esposa foram acusados de terem contas em paraísos fiscais.

 

No início deste ano, a revista americana Politico colocou Caruana Galizia entre as “28 personalidades que fazem a Europa avançar”, descrevendo-a como um “WikiLeaks inteiro em uma única mulher, que realizou uma cruzada contra a falta de transparência e corrupção em Malta”.

 

Anúncios

Venezuela foi às urnas e o povo descobriu que a mídia os manipulava nas pesquisas

O ‘chavismo’ venceu de novo nos estados de Nicolás Maduro, contrariando pesquisas de intenção de voto fornecidas por algumas mídias locais.

Rafael Correa disse: “Com esses resultados, os venezuelanos desmascararam a manipulação da mídia”

“Com esses resultados, o povo venezuelano expõe a manipulação da mídia. É também o que espera oportunistas e traidores “, disse o líder esquerdista em sua conta no Twitter.

Por esta razão, Correa felicitou os venezuelanos e especialmente os seguidores do governo nacional. “Ele superou a Revolução Bolivariana nas eleições governamentais. Glória às pessoas corajosas! “

O presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Tibisay Lucena, informou no domingo 15 de outubro os resultados preliminares do estado das eleições regionais de 2017.

Após três horas de contabilização, Lucena indicou que a participação total no evento eleitoral foi de 61,14% e descreveu o processo eleitoral como “rápido, transparente e de qualidade”, apesar do pouco tempo com o qual foi organizado para a realização das referidas eleições.

Mas o mundo está noticiando que o “chavismo obteve vitória polêmica nas eleições estaduais da Venezuela“. Isso porque o ‘MUD’ (Mesa de Unidade Democrática), partido de oposição ao governo chavista, declarou à comunidade internacional que havia uma diferença expressiva entre os dados do órgão eleitoral CNE (Conselho Nacional Eleitoral) e os obtidos pela oposição, no caso o PSUV (Partido Socialista Unido da Venezuela) de Nicolás Maduro.

Segundo o CNE, o governista PSUV conseguiu eleger 17 dos 23 governadores e a MUD apenas cinco. Para os opositores do governo de Maduro, que internamente diziam que triunfariam em pelo menos 14 estados, de acordo com pesquisas das mídias do país, foi cometida uma fraude à partir do Palácio Miraflores.

Continua após novos envios de informações

Homenagem ao Professor Michel Temer: PMDB fará pesquisas com os brasileiros

TEMER 2018

Eles seriam capazes de lançar essa campanha para o próximo ano?

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) ao qual pertence o ilegítimo, usurpador e mais rejeitado presidente de todos os tempos, Michel Temer, está idealizando alguns questionários a serem introduzidos em pesquisas qualitativas que serão realizadas até o fim de 2017.

A ideia é realizar um levantamento de opiniões ainda este ano com vistas para as eleições de 2018, pois na condição de piloto do governo mais impopular que os brasileiros já testemunharam, o PMDB deseja analisar e entender o que o povo pensa sobre os mais variados assuntos.

Os temas, que variarão desde conectividade social a relacionamentos homoafetivos, trarão respostas à cúpula peemedebista inerentes à interação com o eleitorado objetivando decisões conjuntas para os melhores caminhos a serem seguidos no incógnito ano vindouro, além de que serão testados nomes eventuais para a disputa de “assentos” nos estados.

As alianças já estão sendo especuladas.

VEJA tenta envolver LULA ao escândalo das malas de dinheiro de GEDDEL

Opinião de J.R.Guzzo, revista VEJA, quer sugestionar aos leitores que os R$ 51 milhões das malas de Geddel são de LULA

Máquina anticorrupção não consegue explicar fortuna em apartamento e agora a VEJA tenta tirar proveito disso para sugerir que são do ex-presidente

Aécio assustado: PT nega seu retorno ao mandato e Justiça/DF proíbe voto secreto

O Senador afastado, que queria acabar com o PT, precisa do partido para não cair

Votação secreta sobre afastamento de Aécio do mandato foi derrubada pela Justiça Federal/DF através de liminar na noite de sexta-feira. O voto secreto era defendido por aliados do tucano para evitar desgaste perante o eleitorado: “Tenho que efetivamente a adoção de votação sigilosa configuraria ato lesivo à moralidade administrativa, razão pela qual defiro a liminar para determinar que o Senado Federal se abstenha de adotar sigilo nas votações referentes à apreciação das medidas cautelares aplicadas ao Senador Aécio Neves”, afirmou o juiz Márcio Luiz Coelho de Freitas.

Situação ficou fragilizada com decisão do PT de se posicionar contra retorno de Aécio ao mandato. Seus aliados tinham esperança de que ele pudesse ter votos sigilosos positivos da oposição. Agora, seu apoio estimado em até 50 votos poderá perder 09, o que dificultaria a conquista dos 41 para derrubar a cautelar.

Se Aécio não tiver 41 votos a favor da suspensão das medidas cautelares da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), ele poderá ficar afastado do mandato por tempo indeterminado, e ainda terá que derrubar, no Conselho de Ética, o processo aberto pelo PT por quebra de decoro que pode, aí sim, cassar de vez seu mandato.

RELEMBRANDO – Aécio, gravado por Joesley Batista e citado em delação, foi afastado por Edson Fachin, do STF. Além disso, existem as acusações dos delatores da Odebrecht, o que lhe rendeu cinco inquéritos, sendo dois envolvendo um esquema de corrupção de Furnas e da CPI dos Correios, e mais dois em decorrência das gravações da JBS. Também investiga-se os crimes de corrupção ativa, passiva e obstrução à Justiça.

Alemanha adverte: “perigo de guerra na Europa” por postura de Trump com o Irã

internacional
O ministro alemão das Relações Exteriores, Sigmar Gabriel, advertiu sobre as conseqüências da mensagem “complexa e perigosa” enviada pelo presidente dos Estados Unidos ao país asiático

EFE Berlim

ministro do Exterior alemão, Sigmar Gabriel , advertiu que a posição de Trump sobre o Irã coloca a Europa diante do “perigo de uma guerra relativamente próxima” e advertiu das consequências que iria implicar o abandono do acordo nuclear com Teerã.

A declaração feita por Trump é uma “mensagem complexa e perigosa”, disse Gabriel à rádio pública alemã Deutschlandfunk, onde também se manifestou contra a imposição de novas sanções contra Teerã. Um abandono do acordo nuclear com o Irã, que ameaçou Trump ontem, seria um “revés” que levaria Teerã a desenvolver armas atômicas , acrescentou o ministro do SPD.

A declaração de Gabriel segue uma declaração conjunta da Alemanha, Grã-Bretanha e França , emitida ontem após o discurso de Trump, que reafirmou o compromisso dos três países com o acordo nuclear sobre o programa iraniano. No texto, a chanceler alemã, Angela Merkel; a primeira-ministra britânica Theresa May e o presidente francês, Emmanuel Macron, expressaram sua preocupação com as possíveis implicações da decisão de Washington de se retirar do próprio pacto. “Nossos governos estão empenhados em garantir que o Plano Integral de Ação Conjunta, como o acordo nuclear entre o Irã e o Grupo 5 + 1 é conhecido, seja mantido”, disse o comunicado, lembrando que este foi o ponto culminante de 13 anos de esforços diplomáticos.

O presidente iraniano, Hasan Rohani, expressou a esperança de que a União Européia (UE) tenha “um papel construtivo” para salvaguardar o acordo nuclear dos recentes movimentos “errôneos” dos Estados Unidos. Trump anunciou ontem que, embora por enquanto não se retire do acordo, retirará a certificação que o Congresso dos EUA deve aprovar regularmente.

 

%d blogueiros gostam disto: