Categoria: CIÊNCIA

O Brasil que Bolsonaro não sabe que existe: Instituto de Química da Ufba transforma óleo recolhido de praias em carvão

Por Redação Urbs Magna

Bolsonaro é como um boneco inerte. Sentado em seu Palácio, o país movimenta-se sozinho com iniciativa própria de seu povo abençoado por ‘Deus Acima De Todos’. Agora, o ‘Mito dos Mentecaptos’ viaja por aí sem saber que seu ‘Brasil acima de Tudo’ está anos-luz acima dele mesmo

Anúncios

VÍDEO: “Nós usamos ciência, não balela de Twitter”, diz ex-diretor do Inpe ao Ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro – ASSISTA

Por Dino Barsa

Durante bate boca na Globo News, o ex-diretor do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Ricardo Galvão, disse a Ricardo Salles (Ambiente), que “nós [do Inpe] usamos as publicações científicas, não a balela que vocês usam, coisa de twitter”.

Bolsonaristas são tolos que confundem séculos de descobertas com meras opiniões ou atacam as ciências propositalmente?

Por Redação Urbs Magna

‘Séculos de descobertas são comparados a opiniões. Vivemos um ataque ao conhecimento’, diz reitora da UFCSPA – Em entrevista ao Sul21, Lucia Campos Pellanda, reitora da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), descreve o contexto em que se viu envolvida nos últimos meses

Comunicação frequente e persistente muda comportamentos chaves

Por Redação Urbs Magna

Quando a MGov surgiu, em agosto de 2012, queríamos ajudar o governo a usar soluções mobile para entender, na escala e na frequência necessárias, as demandas do cidadão. Nossa hipótese era a de que, armados com informação precisa, o governo faria políticas públicas capazes de refletir de maneira mais próxima as preferências daqueles que o elegem, fazendo nossa democracia funcionar melhor.

Nos EUA Mulher de 61 dá à luz sua neta, que se tornou irmã de sua outra mãe e terá como pai adotivo seu tio gay, marido de seu pai biológico

Por Redação Urbs Magna

Mulher de 61 anos dá à luz bebê de seu filho gay nos EUA – Cecile Eledge, de Nebraska, tornou-se mãe e avó ao mesmo tempo da pequena Uma. Engravidou para ajudar o filho e o marido dele a formarem uma família

Engenheiro aposentado descobre ‘erro técnico’ em barragens de rejeitos, como a de Brumadinho, e apresenta a solução, mas a justiça prefere prender falsos culpados – outras tragédias são inevitáveis

Por Dino Barsa

Um engenheiro civil aposentado de 72 anos, com quase 50 de experiência em obras de barragens para hidrelétricas, alerta que um ‘erro técnico coletivo’ (que consegue ‘driblar’ a normatização da ABNT) pode estar sendo utilizado indevidamente nas barragens de rejeitos de mineradoras, como as de Brumadinho e Mariana, que tiveram rompimentos desastrosos recentemente. A partir deste conhecimento ineficiente empregado por empresas de mineração, deduz-se que todas as barragens de rejeitos também sofrerão rompimento em algum momento.