Categoria: OPINIÃO

“Vão matá-lo na cadeia”. O Brasil assistirá a morte de Lula?

Por Redação Urbs Magna

O prêmio Nobel Adolfo Pérez Esquivel foi ao ponto: “Temo pela vida de Lula”. As palavras do argentino estão numa entrevista concedida após a proibição de que o ex-presidente pudesse comparecer ao enterro do irmão Vavá. As leis brasileiras, esbulhadas sob o comando de quem justamente deveria ser o primeiro a defendê-las, o Supremo Tribunal Federal, já nada valem num país onde desde o golpe de 2016 vigora um estado de exceção.

Anúncios

Lula, preso, pede para mostrarem as provas. Flávio Bolsonaro, solto, pede para esconderem as provas – Quem é o Bandido?

Por Dino Barsa

Mentira tem pernas curtas. Corrupção sempre aparece depois, dure o tempo que durar, porque é rastreável. Os Governos do PT sempre enfatizaram a justiça acima de tudo contra a corrupção. Lula e Dilma sempre acreditaram nas instituições brasileiras. É claro que estão decepcionados. Até os primeiros dias de cárcere, o ex-presidente acreditava que haveria justiça e que ele seria reconhecido como inocente vítima de um Golpe de Estado. Lula é ingênuo. Aliás, todos os que têm sonhos demais o são, como todos os progressistas que buscam um futuro melhor para os irmãos compatriotas.

Queda de Bolsonaro: em declínio, validade de seu governo Fake e de pernas curtas terá a duração de Jânio Quadros, compara a Veja

Por Redação Urbs Magna

O começo mais tresloucado de governo da história fez com que até a imprensa tradicional enxergasse o óbvio: o prazo de validade de Jair Bolsonaro tem a extensão de uma fake news. A revista Veja produziu um capa que sintetiza a condição descartável do presidente eleito: a fusão de sua imagem com a clássica foto de Jânio Quadros feita pelo fotógrafo Erno Schneider em 21 de abril de 1961. A foto, intitulada “Qual o Rumo”, é um dos documentos mais significativos da história política brasileira e, com ares premonitórios, antecipou a queda de Jânio sete meses depois de vencer as eleições com discurso anti-corrupção.