Categoria: EUA

Brasil dá ponta pé inicial no Golpe contra a Venezuela: Chanceler Ernesto Araújo inicia articulação que pode derrubar Maduro

Por Redação Urbs Magna

O governo Bolsonaro rasgou a fantasia e mergulhou em conspiração aberta para derrubar o governo de Nicolás Maduro na Venezuela. O gesto é sem precedentes e pode abrir caminho para uma tensão jamais vista entre os dois países. Três opositores venezuelanos desembarcaram em Brasília para tratar da “transição” na Venezuela. Antonio Ledezma, Julio Borges e Carlos Vecchio vão se encontrar com Ernesto Araújo, o folclórico chanceler brasileiro. Situação tende a se agravar diante do amadorismo bolsonarista na compreensão da geopolítica regional.

Anúncios

Faroeste Brasileiro: Manchete no New York Times diz “Leis afrouxadas na capital mundial do assassinato”, após decreto do posse de arma de Bolsonaro

Por Redação Urbs Magna

A repercussão sobre a liberação da posse de armas no Brasil teve impacto negativo no mundo; o jornal americano New York Times escreveu que as leis foram afrouxadas na “capital mundial do assassinato”; já o Financial Times lembrou que 61% dos entrevistados pelo Datafolha em dezembro no país afirmaram ser contra a liberação da posse de armas de fogo; o britânico The Guardian afirmou, com base em um estudo da ONG Sou da Paz, que o volume de registro de novas armas no Brasil aumentou de 3.900 para 33 mil em dez anos.

Trump/Bolsonaro não são bem vistos nem nos EUA, onde democratas repreenderam a aproximação

Por Redação Urbs Magna

O deputado democrata Eliot Engel, presidente do Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados dos EUA, enviou uma carta ao secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, para repreendê-lo por sua aproximação com Jair Bolsonaro; a carta diz que o presidente brasileiro “tomou uma série de ações que mira grupos marginalizados, particularmente as populações LGBT, indígena e afrobrasileira” e prossegue: “ficou imediatamente claro que declarações passadas do presidente Bolsonaro não mais se limitam à retórica”

Seu Bolsonaro, ceder bases militares a estrangeiros é crime! – Afirmação é de Prestes em 1946

Por Redação Urbs Magna

Ceder parte do território nacional para a instalação de bases militares estrangeiras (mesmo que seja a título de aluguel, como se cogita em relação à base de lançamento de foguetes de Alcântara, no Maranhão) não faz parte da tradição diplomática, muito menos militar, brasileira. Cujos governantes e autoridades diplomáticas e militares tem sido defensores de nossa soberania e independência, e atentos ao desempenho das Forças Armadas de sua função constitucional de defender a integridade de nosso território. Nunca é demais lembrar que o artigo 142 da Constituição Federal de 1988 atribui a elas a defesa da pátria.