Categoria: Lula na ONU

‘Livro-delação espontânea’ de Janot confirma perseguição da Lava Jato e pode favorecer ação que Lula move na ONU contra métodos dos investigadores que o levaram à prisão

Por Redação Urbs Magna

Segundo um dos conselheiros jurídicos de Lula, basta traduzir o capítulo para o inglês e enviar à ONU com a indicação: “Veja o que diz o próprio procurador-geral da República dos fatos da época, agora, em livro de memórias”

Anúncios

Moro é denunciado na ONU por parcialidade no caso Lula

Por Redação Urbs Magna

Um grupo com 25 entidades denunciou a parcialidade do ex-juiz e ministro da Justiça Sérgio Moro à Organização das Nações Unidas (ONU). Para as entidades “a luta contra a corrupção feita sem o devido processo legal e garantias corrompe a confiança no sistema de Justiça”

Vídeo: “Moro não sobrevive na política”, diz LULA ao ‘El País’ e ‘Folha’ na entrevista mais esperada do ano

Por Redação Urbs Magna

Em entrevista aos jornalistas Florestan Fernandes Jr., do El País, e Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, o ex-presidente Lula diz que “não consegue imaginar os sonhos que teve para o Brasil” para agora ver a situação como está, sob o governo Bolsonaro; o Brasil está sendo governado “por um bando de maluco”, disse; ele também fez duras críticas aos ministros e juízes que o condenaram, mas declarou que dorme com a consciência tranquila todos os dias; “Eu tenho certeza que o Dallagnol não dorme, que o Moro não dorme”, ressaltou; assista

Temer disse à ONU que Lula queria “enganá-la” tratando Moro como parcial, após aceitar ser ministro de Bolsonaro – Documento foi enviado ao Conselho de Segurança da ONU em novembro

Por Redação Urbs Magna

Coluna Painel, da jornalista Daniela Lima, nesta segunda-feira (14) na Folha de S.Paulo, afirma que em documento à Organização das Nações Unidas (ONU), o governo golpista de Michel Temer (MDB) fez uma defesa enfática do ex-juiz Sérgio Moro, dizendo que o ex-presidente Lula tenta “confundir e enganar” o Comitê de Direitos Humanos da entidade denunciar a parcialidade do magistrado.

Moro, o mentiroso cara de pau, parece estar lascado: surgem mais provas de sua parcialidade contra Lula em processo que tramita na ONU, o qual deverá desmascará-lo no início de 2019

Por Redação Urbs Magna

Aquele processo que a defesa de Lula colocou na ONU, falando de perseguição judicial e lawfare sofridos pelo ex-presidente, e que será julgado em 2019, possivelmente até o prazo do primeiro trimestre, terá ainda mais provas anexadas contra o ex-magistrado Sergio Moro, quem deixou de atuar na justiça do Brasil para ser um político declarado do governo de Jair Bolsonaro, fato que ainda tem causado bastante polêmica no que tange à sua parcialidade.