Bolsonaro “é a coerência da morte e da guerra. É preciso levá-lo a sério. Não tratá-lo como louco”, orienta cientista político sobre impeachment

Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna – O  professor de filosofia da Unicamp, presidente do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) e…

Anúncios