Bolsonaro é vacinado e vira jacaré no desfile da Rosas de Ouro, em São Paulo (Vídeo)

A escola de samba lembrou que em 2020 o presidente disse que não seria imunizado e que quem fosse poderia sofrer com efeitos colaterais

Em São Paulo, o desfile da Escola de Samba do Grupo Especial, Sociedade Rosas de Ouro, na manhã deste domingo (24/4), transformou um ator carnavalesco que representava o presidente Jair Bolsonaro (PL) em um jacaré após ele ser imunizado contra a covid-19.

O enredo falou sobre rituais e caminhos para curar todos os males por meio da fé, da magia, da ciência e do samba, informou o g1, que lembrou a fala do atual ocupante do Palácio do Planalto, feita em dezembro de 2020.

Na ocasião, o presidente aproveitou uma cláusula da Pfizer de que a empresa não se responsabilizaria por eventual efeito colateral, para dizer que não tomaria vacina e que, se a pessoa optasse por tomar e virasse um jacaré, o problema seria dela.

“E na Pfizer tem lá: nós não nos responsabilizados. Se eu virar um chi, se eu virar um jacaré, se você virar super homem, se nascer barba em alguma mulher, ou algum homem começar a falar fino… e o que é pior: mexer no sistema imunológico das pessoas”

Assista ao vídeo

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.