‘Moro virou nada, virou pó’ diz Cantanhêde. ‘Com a decisão da ONU a situação dele se tornou ainda pior’

Jornalista avalia que ex-juiz que já estava mal após trocar de partido, agora implodiu ao ser declarado parcial internacionalmente

A jornalista Eliane Cantanhêde afirmou que o ex-juiz Sergio Morovirou nada, virou pó” ao trocar de partido, do Podemos para o União Brasil, e que, agora, com a decisão da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre sua parcialidade no julgamento do ex-pesidente LULA, “a situação dele se tornou ainda pior“, avaliando que o neófito político agora implodiu de vez.

Agora, quem sobrou mesmo nessa história, quem foi o grande derrotado em toda essa história foi Sergio Moro“, afirmou (assista abaixo) a jornalista no programa ‘Em Pauta‘, exibido nesta sexta-feira (29/4).

Cantanhêde explicou que “ele estava no Podemos, onde era bem tratado, mas é um partido pequenininho que não alavancava a candidatura dele. Foi para União Brasil“, e lá “virou nada, ele virou pó“, disse.

Até agora a gente não sabe nem se ele será candidato a deputado federal“, afirmou a jornalista sobre a indecisão de Moro.

Na sequência, Cantanhêde avalia que “ontem, com a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU, a situação dele se tornou ainda pior”, disse a jornalista.

Assista a seguir:

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.