Você deve desinfectar o celular, objetos e ambientes contra o covid-19, além de lavar as mãos

13/03/2020 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Este é um breve guia sobre como desinfectar telefones celulares e outros dispositivos eletrônicos, que foi publicado nos sites de Cuba, onde existe um plano responsável de prevenção e controle contra a entrada do covid-19 na ilha caribenha onde seu povo trabalha em sincronia com o governo local. A consequência disso é que o país tem apenas registrado três casos da doença. Lavar as mãos é essencial e todo o mundo concorda. Contudo, outras medidas devem ser levadas em consideração, como a desifecção dos objetos de maior uso por seu portador, bem como os ambientes onde o trânsito de pessoas é elevado. Esta matéria trata especificamente de como desinfectar o telefone celular, o laptop e o PC, em particular o teclado e o mouse.

O asseio, ou saneamento, é necessário. Ficou provado que um telefone celular acumula dez vezes mais microorganismos porque, em média, o smartphone é manipulado mais de 50 vezes por dia pelas mesmas mãos que tocam, em espaços públicos, corrimãos, maçanetas, interiores de transportes públicos, dinheiro, etc.

Para higienizar o telefone – e também os outros meios mencionados – não são necessárias substâncias ou instrumentos complicados e as etapas são simples:

Primeiro, desligue o telefone.

  • Use preferencialmente um pano de microfibra, um dos usados ​​para limpar os óculos. Se você não tiver um, escolha um tecido macio e sem fiapos. Guardanapos de papel ou papel higiênico podem riscar a tela.
  • Prepare uma solução de água morna e sabão para umedecer levemente o pano, não muito para que as portas ou outras entradas não se molhem.

Existem substâncias que matam vírus e bactérias, mas também podem matar o telefone, que possui camadas oleofóbicas e hidrofóbicas, a primeira para que as impressões digitais não sejam tão marcadas e correm o risco de serem destruídas se certos produtos de limpeza forem aplicados .

Nem solução de cloro nem vinagre, seu poder abrasivo é prejudicial para as telas móveis e outras. Mesmo que em muitos casos micas de proteção de tela sejam usadas, em qualquer caso, não é conveniente usá-las nem limpar portas ou setores onde existem conectores.

A solução de sabão não deve ser borrifada diretamente no telefone, mas esfregada com o pano.

E não é que de repente o sabão e a água tenham se tornado mágicos, mas o novo coronavírus tenha uma fina membrana que a destrói com a solução com sabão. 

No caso de teclados de laptop e de mesa, um desses cotonetes com as duas extremidades deve ser usado preferencialmente para limpá-los ou, na sua falta, um palito de dente onde o algodão é enrolado nas pontas.

Pode ser arriscado limpá-los com um pano umedecido na solução com sabão, devido ao perigo de pingar entre as letras.

O mouse ou mouse também deve ser higienizado.

Fonte: Granma via Cubasí

➤ Leia também:

Vídeo: Bolsomínion arrependida que chamou Bolsonaro de traidor comenta sua iniciativa

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe