[Vídeo] MTST ocupa sede da Bolsa em protesto contra FOME, DESEMPREGO e INFLAÇÃO

23/09/2021 0 Por Redação Urbs Magna
[Vídeo] MTST ocupa sede da Bolsa em protesto contra FOME, DESEMPREGO e INFLAÇÃO

Integrantes do MTST ocupam a Bolsa de Valores em São Paulo. Um dos manifestantes ergue um osso em referência ao alimento que o pobre consegue comer, que começou a ser doado no Brasil em julho deste ano mostrando o retrocesso no país | Foto: Reprodução Twitter/MTST


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Faixas foram vistas com os dizeres “Sua ação financia nossa miséria” e “Brasil tem 42 novos bilionários enquanto 19 milhões passam fome”, além de “Tem gente ficando rica com a nossa fome”

O MTST ocupou na tarde desta quinta-feira (23) a sede da Bolsa de Valores em São Paulo, em protesto contra a fome, o desemprego e a inflação. Junto com ele, membros de movimentos sociais protestaram no térreo do prédio B3, no centro da capital paulista, com cartazes com os dizeres “Sua ação financia nossa miséria”, “Brasil tem 42 novos bilionários enquanto 19 milhões passam fome”, “Tem gente ficando rica com a nossa fome”, “Fora, Bolsonaro” e “Tá tudo caro e a culpa é do Bolsonaro”.

Assista:

Em junho, a B3 bateu recordes e acumulou oito altas consecutivas na maior série de ganhos desde 2018, enquanto as famílias de renda mais baixa sofrem com inflação e o desemprego. Esse foi o motivo da escolha do local para o protesto.

“Quase 100 milhões de brasileiros estão em situação de  insegurança alimentar enquanto os bilionários movimentam R$ 35 bilhões por dia só bolsa de valores”, disse uma liderança do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), ao site G1, acrescentando.

“Estamos aqui para denunciar o que acontece no país e a política por trás disso. Em um ano, o número de milionários dobrou, enquanto aumentou a miséria. Não é possível que 99% da população empobreça para que 1% enriqueça. Este é um grito que estava engasgado na garganta de quem vai no supermercado”, disse.

Comente