Vaza Jato: Lewandowski é o relator da ação do PT contra Deltan Dallagnol

24/07/2019 0 Por Redação Urbs Magna

Na ação, os petistas pedem que sejam investigados os diálogos revelados pelo site The Intercept em que Dallagnol e Pozzobon falam em criar uma empresa de palestras para lucrar com a fama obtida na Lava Jato


O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), é o relator do processo movido por parlamentares do Partido dos Trabalhadores (PT) que pede a investigação dos procuradores da Lava Jato, Deltan Dallagnol e Roberson Pozzobon.

Na ação, os petistas pedem que sejam investigados os diálogos revelados pelo site The Intercept em que Dallagnol e Pozzobon falam em criar uma empresa de palestras para lucrar com a fama obtida na Lava Jato.

A ação possibilita que a apuração seja aberta pelo Tribunal, independentemente da vontade da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Se Lewandowski determinar a investigação, ela será remetida à Procuradoria, mas o STF manterá o controle judicial de seu andamento e poderá determinar providências.

Na avaliação dos petistas, a PGR não tem mostrado interesse de fazer qualquer apuração por conta própria sobre o caso.

O ministro já tinha ficado, este mês, com uma demanda do partido para se investigue Sérgio Moro. Ele assume os processos em agosto, depois do recesso. Membro da Segunda Turma do Supremo, Lewandowski costuma votar contra a Lava Jato.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.