‘Transição já começou’, diz Alckmin após ser cumprimentado por Bolsonaro em reunião no Planalto

O presidente, que a sociedade abominou por seus discursos de ódio, avisou que estava lá e gostaria de cumprimentar o vice-presidente eleito para o governo LULA

O presidente Jair Bolsonaro (PL) cumprimentou o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB) nesta quinta-feira (3/11), no Palácio do Planalto, após reunião com os ministros da Casa Civil, Ciro Nogueira, e da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Eduardo Ramos.

Alckmin disse que “a transição já começou” e que a reunião foi “proveitosa“. De acordo com a Folha de S. Paulo, ele concedia entrevista à imprensa no momento em que o ocupante do Planalto chegou e mandou avisá-lo que estava lá e gostaria de cumprimentá-lo.

O vice-presidente eleito foi até o gabinete presidencial, onde ficou com o chefe do Executivo por menos de dez minutos, a portas fechadas. Segundo relatos, Bolsonaro disse que sua equipe era bem-vinda e que deixariam tudo disponível para a transição.

Além de Alckmin, participaram do encontro representando o governo eleito a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, o ex-senador Aloizio Mercadante e o senador eleito Wellington Dias (PT-PI).

Tivemos encontro com ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, o secretário-geral, ministro general Ramos e uma equipe de assessores. Entregamos o pedido do presidente Lula nos designando como coordenador da transição. A conversa foi bastante proveitosa, muito objetiva. A transição já começou“, afirmou Alckmin.

Eles estão designando o CCBB [Centro Cultural Banco do Brasil]. Amanhã Gleisi e Mercadante vão até lá fazer uma visita e nós deveremos começar a partir de segunda-feira da próxima semana“, completou.

Perguntado por jornalistas se Luiz Eduardo Ramos havia reconhecido a derrota de seu amigo Bolsonaro, o vice eleito disse ele “cumprimentou, deu parabéns, desejou ótimo trabalho e se colocou à disposição para a transição“.

Aloizio Mercadante afirmou que se sentia bem em estar de volta ao Planalto, “pela porta da frente“. O ex-ministro gestionou a pasta da Educação no govreno Dilma Rousseff (PT).

Eu acho que só tem uma forma de voltar ao Palácio do Planalto para exercer um cargo público, pela porta da frente, com voto popular, em uma eleição limpa, como foi a que nós vivemos“, disse Mercadante.

Comente

1 comentário em “‘Transição já começou’, diz Alckmin após ser cumprimentado por Bolsonaro em reunião no Planalto”

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.