‘Tosco’, Bolsonaro sente ‘ira’ com inédita ‘rejeição de banqueiros’, que preparam chegada de Lula, diz jornalista

Elite, Fiesp e Febraban que lançarão um 2° manifesto pela democracia na semana que vem e o presidente sabe o que isso significa

Pela primeira vez, Bolsonaro enfrenta rejeição de banqueiros. Presidente ataca signatários de manifesto pró-democracia; após rasgar cartilha liberal, resta-lhe apelar ao fantasma do comunismo“, escreve Bernardo Mello Franco, no Globo. “A turma [da Faria Lima] já começa a fazer cálculos para lidar com uma possível vitória de Lula“.

Segundo o jornalista, Bolsonaro sente “ira” devido a “adesão de porta-vozes da elite econômica e de entidades como Fiesp e Febraban, que lançarão um segundo manifesto [pela democracia] na semana que vem“. Franco acrescenta: “O capitão é tosco, mas sabe o que isso significa“.

Com o tempo, a farsa do liberalismo bolsonarista caiu em descrédito. A reunião com diplomatas estrangeiros, em que o presidente alardeou seu golpismo para o mundo, parece ter marcado um ponto de virada“, escreve Mello.

Pela primeira vez, Bolsonaro vê figurões do empresariado darem as costas ao seu projeto político. Isso indica um cansaço com a escalada autoritária, que afugenta investidores e injeta turbulência no ambiente de negócios“.

A elite já se prepara para a chegada do líder das pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de outubro, diz o colunista: “Como a Faria Lima não rasga dinheiro, o movimento sugere que a turma já começa a fazer cálculos para lidar com uma possível vitória de Lula“.

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

1 comentário em “‘Tosco’, Bolsonaro sente ‘ira’ com inédita ‘rejeição de banqueiros’, que preparam chegada de Lula, diz jornalista”

  1. MENTIRA!
    A “elite”, a FEBRABAN e a FIESP não estão fazendo cálculo algum,
    pois na Administração do PT, eles, como de resto todo mundo, sempre ganharam.
    O que ocorre na atual “administração” é seus ganhos serem IMORAIS,
    e, para se “readequarem”, não há a menor necessidade de cálculos!

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.