Tenista número 1 da Rússia precisa falar mal de Putin se quiser jogar o Torneio de Wimbledon

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fala à Federação para cerca de cem mil pessoas no estádio Luzhniki, em Moscou, na sexta-feira (18/3) / Ao lado, uma imagem do tenista número um do país, Daniil Medvedev, postada por ele mesmo em seu Twitter / Reprodução Twitter / DaniilMedvedev/Twitter | Sobreposição de imagens.

Ele já se declarou contrário à desnazificação e desmilitarização imposta por seu país na Ucrânia, mas para o ministro dos Esportes do Reino Unido isso não é suficiente

O tenista número 2 do mundo, que é o número 1 da Rússia, Daniil Medvedev, já se posicionou publicamente pedindo a paz e o fim da guerra que seu país iniciou contra a Ucrânia, mas o ministro dos Esportes do Reino Unido diz que apenas isso não é o suficiente para ele poder jogar o aberto da Inglaterra, em Londres, onde ocorre o famoso Torneio de Wimbledon.

Nigel Huddleston sugere que, para continuar sua carreira em solo inglês, o tenista deve condenar Putin publicamente.

O Torneio de Wimbledon de 2022 será iniciado em 27 de junho com término previsto para 10 de julho. No entanto, Medvedev terá que falar mal de seu presidente, quiser entrar na Inglaterra e jogar lá,

Huddleston afirmou, há quase duas semanas, que não está confortável com a possibilidade de um atleta que pode estender uma bandeira russa sob os olhos de todos, caso ele vença em Wimbledon, o mais famoso torneio de tênis do mundo

Muitos países concordaram que não permitirão que representantes da Rússia concorram. Também há questões de visto“, disse o ministro em um comitê seleto no parlamento. “Quando se trata de indivíduos, isso é mais complexo. Prosseguiu.

Absolutamente ninguém arvorando a bandeira da Rússia deve ser permitido ou habilitado.”, afirmou. “Precisamos de alguma garantia potencial de que eles não são apoiadores de Putin e estamos considerando quais requisitos podemos precisar para tentar obter algumas garantias nesse sentido“, acrescentou.

Medvedev se posicionou contra a guerra na Ucrânia no mesmo dia em que assumiu como número 1 do mundo, tomando o lugar do tenista sérvio, Novak Djokovic. Mas, em seguida, Medvedev caiu na terceira rodada do Indian Wells Masters após uma derrota inesperada de três sets para Gael Mönfils, o número 1 da França.

O Torneio de tênis Indian Wells Masters acontece nas quadras duras do Indian Wells Tennis Garden, uma instalação de tênis em Indian Wells, perto de Palm Springs, Califórnia – EUA, no Coachella Valley. Atualmente, tem o nome comercial de BNP Paribas Open.

Daniil Medvedev (foto) agradece à torcida ao deixar a quadra em Indian Wells.
Daniil Medvedev em foto de Matthew Stockman/Getty Images)
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.