“Tenente de merda. Só virou capitão quando foi expulso do Exército”, diz José de Abreu a Bolsonaro

06/03/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Se já era difícil encontrar alguma, agora acabou de vez: a moral de Bolsonaro não existe mais. Após o sucesso do hit carnavalesco “Ei, Bolsonaro, VTNC“, parecia que nada mais poderia ser pior. Contudo, este pode estar sendo o seu pior dia. Esta quarta-feira de cinzas, 06 de março de 2019, pode ser, quem sabe, a data oficial para o início da formulação de um pedido de impeachment. De verdade.

Hoje, Bolsonaro foi tão esculachado nas redes sociais pelo autoproclamado presidente da República Federativa do Brasil, José de Abreu, que falou até em processar o ator.

Para quem ainda não sabe, há alguns dias atrás José de Abreu resolveu tirar sarro da crítica política bolsonarista, inédita no Brasil. Ele se baseou no originalmente autoproclamado presidente da Venezuela, Juán Guaidó – um agente político financiado pela CIA com fins específicos de tomar o país bolivariano das mãos de Nicolás Maduro e entregá-lo, com todas as suas reservas de petróleo, para o vagabundo Donald Trump.

O ator foi ameaçado de ser processado por Bolsonaro por abrir fogo, corajosamente, contra o desqualificado presidente. Estamos mesmo precisando de alguém que peite toda essa situação deprimente em que chegamos. José de Abreu, quando soube da ameaça, postou a Bolsonaro:

Eu enfrentei a ditadura de generais, tenente de merda. Só virou capitão quando foi expulso do exército”, disse com a coragem que só os autoproclamados têm.

Bolsonaro disse que processaria alguns e o próximo seria o “meteoro” Zé de Abreu, em alusão à postagem anterior do ator. Pelo jeito, governar que é bom nada! E o adolescente presidente sessentão tem cada vez mais seguidores no Twitter. Não que sejam necessariamente fãs, mas que o mundo inteiro, até a imprensa internacional, quer testemunhar a insensatez presidencial com os próprios olhos. E sem se intimidar, José de Abreu retorna:

Alô, Jair Bolsonaro, seu meteoro chegou! Sou eu, seu fascista!”, escreveu o herói autoproclamado. Que ele nos salve desta vergonha que estamos passando diante do mundo. Tenho parentes lá fora que me cobram as atitudes do nosso mandatário.

O Zé de Abreu não deixou-se intimidar com a ameaça de processo: “Venha, fascista! Não tenho medo de você! Você é um tigre de papel, perdeu a arma, a moto e foi humilhado por um ladrãozinho!”, desafiou, referindo-se a um assalto que o presidente foi vítima em 1995.

O duelo pelas redes sociais foi intensificado após Jair Bolsonaro publicar vídeo pornô para desqualificar as críticas que ele recebeu durante o Carnaval. Entretanto, o jurista Miguel Reale Junior, autor do pedido de impeachment de Dilma Rousseff, afirmou que houve quebra de decoro e que o presidente pode perder o cargo.

Dino Barsa para o Et Urbs Magna via Esmael Morais / Twitter / Brasil247

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00

Compartilhe