Senadores apresentam requerimento de criação da CPI do MEC e aguardam resposta de Pacheco

O autor do pedido, Randolfe Rodrigues, e outros senadores, protocolaram o documento na Secretaria Geral da Mesa do Senado

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e outros protocolaram nesta terça-feira (28/6), na Secretaria Geral da Mesa do Senado, o requerimento de criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar supostas irregularidades no MEC (Ministério da Educação).

Ribeiro disse por telefone à sua filha que recebeu informações de que Bolsonaro teria tido um “pressentimento” de uma possível operação de busca e apreensão. A conversa foi interceptada pela PF (Polícia Federal).

Randolfe colheu 29 assinaturas, duas a mais das 27 necessárias para abertura da CPI. De acordo com o UOL, aliados de Bolsonaro trabalhavam, contudo, para dissuadir alguns desses parlamentares.

Resta agora o posicionamento do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Mas para o senador do Amapá, o senador mineiro é obediente à Constituição:

De todos os presidentes que já passaram pela condução desta Casa, o presidente Rodrigo Pacheco se distingue por ser um dos mais obedientes ao texto da Constituição, até por sua formação jurídica. Então, eu tenho confiança nisso, o presidente sabe muito bem que a CPI é um direito constitucional de minoria“, disse Randolfe, em entrevista a jornalistas na semana passada, conforme transcrito na matéria.

Contudo, Pacheco tem indicado publicamente que a proximidade com as eleições “prejudica o escopo” de uma CPI. Ele afirmou, contudo, que as acusações contra Ribeiro são “graves” e que precisam ser investigadas pelas autoridades.

O fato de se estar num momento muito próximo das eleições acaba prejudicando, sim, o trabalho dessa ou qualquer outra CPI que venha a ser instaurada“, afirmou Pacheco, na última quarta (22/6).

O presidente do Senado reforçou que o caso deve ser “rigorosamente apurado pelas instâncias de percepção criminal e num caso concreto, precisa ser suficientemente apurado para se dar uma resposta à sociedade brasileira“.

Assista à fala de Randolfe Rodrigues sobre o assunto:

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.