São Paulo pode ter feriadão do isolamento com 6 dias a partir desta quarta até a segunda, 25

19/05/2020 0 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna – Projeto de lei autorizando Bruno Covas, prefeito da cidade de São Paulo, a antecipar os feriados de Corpus Christi e Dia da Consciência Negra, cujas datas comemorativas são realizadas em 11 de junho e 20 de novembro respectivamente, é aprovado pela Câmara Municipal nesta segunda (18) e poderão ocorrer a partir de amanhã, quarta (20) e quinta (21), com a sexta ‘enforcada’ (ponto facultativo), além de um projeto de antecipação de mais outro feriado para a segunda (25) enviado por João Doria, governador do Estado, causando um longo feriadão para manter as pessoas em casa em isolamento social contra o coronavírus, neste momento grave em que se discute até mesmo uma possibilidade de ‘lockdown’.

De acordo com matéria publicada pelo jornal O Estado de São Paulo, “a votação foi encerrada com  37 votos a favor , 14 contra e uma abstenção” na Câmara que conta com um total de 55 vereadores.

Doria enviou projeto à Assembleia Legislativa para antecipar para a próxima segunda (25) o feriado de 9 de Julho, ‘Dia da Revolução Constitucionalista’, comemorado apenas por paulistas há 15 anos, desde 1997, quando passou a ser feriado civil no Estado de São Paulo para a celebração da data magna do Estado, em memória ao dia em que os paulistas pegaram em armas para lutar pelo regime democrático no País, deflagrando o movimento ocorrido em 1932.

De acordo com o Estadão, “a proposta de antecipação dos feriados criada pela Prefeitura veio após percepção de que os índices de isolamento social melhoram aos fins de semana, quando passam dos 50%. Autoridades de saúde estimam que seria preciso aumentar a taxa de isolamento para índices ao redor de 70% para retardar o avanço do coronavírus, que está esgotando as vagas de atendimento na rede de saúde, especialmente as para leitos em Unidades de Terapia Intensitva (UTIs)“.

O Estado brasileiro de São Paulo ultrapassou, neste domingo (17), a Itália em número de casos levando o Brasil a saltar para a quarta posição no ranking mundial da doença.

Nesta segunda-feira, os números do Brasil alcançaram a marca de 255.368 casos de coronavírus com 16.856 mortes e somente no estado de São Paulo são 63.066 casos com 4.823 óbitos.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.