Receber LULA virou febre no mundo e viagem aos EUA está garantida

23/11/2021 0 Por Redação Urbs Magna
Receber LULA virou febre no mundo e viagem aos EUA está garantida

O presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, e o ex-presidente LULA | Sobreposição de imagens


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Enquanto PIG tenta omitir o brilho do ex-presidente, Alexandre Padilha revela que sua fama após o tour pela Europa atingiu seu melhor nível

LULA tem recebido muitos convites e viajará também para os Estados Unidos, provavelmente no começo de 2022, revela o ex-ministro da Saúde e aliado próximo do ex-presidente, o médico e deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP), conforme mostra a publicação da Coluna Painel da Folha de S. Paulo.

Enquanto PIG (Partido da Imprensa Golpista) tenta apagar seu brilho, a fama internacional, especialmente após o bem sucedido tour pela Europa, atingiu seu melhor nível e isso explica os ataques de pré-candidatos a LULA, bem como as matérias manipulando informações sobre ele.

Considerado o mais famoso político brasileiro no mundo, além de um dos maiores estadistas do século XXI, LULA ainda se encontra na Europa desde a semana passada.

Ano que vem tem outra agenda, Estados Unidos, Américas“, diz Padilha. “Vai passar e vai ser um show. Tem um movimento progressista nos EUA, para o qual o Lula é uma referência, tem movimentos de solidariedade e tem os interesses dos investidores, que vão querer encontrar com ele, assim como com outros candidatos. Tem muito convite, acho que vai acontecer de ele ir logo“.

De acordo com a matéria, o parlamentar revela que a intenção é alcançar a máxima internacionalização possível da imagem de LULA relacionando-o às eleições brasileiras de 2022 para garantí-las com “democracia“.

Que o mundo esteja de olho nos movimentos de Bolsonaro durante as eleições. A ideia é manter canal aberto para denunciar qualquer movimento do Bolsonaro e também fortalecer pontes, das quais vamos precisar para tirar o Brasil do buraco em que está“, diz.

Bolsonaro tentou se filiar a um partido [PL] e nem isso conseguiu. Moro fez um discurso pífio na filiação. E o PSDB mostrou que estava acostumado a escolher candidato na mesa do Fasano. Prévia não sabe fazer“, comentou Padilha sobre a política nacional nos últimos dias.

Enquanto isso, a última semana consolidou um momento de alta para LULA:

Vídeo relacionado:

EL PAÍS EDICIÓN MADRID – LULA, Pepa Bueno e Lucia Abellán | imagens de Luis Sevillano

Comente