Procurador proíbe palestra de Guilherme Boulos no Paraná – mais outro arbítrio

09/08/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

“É mais um arbítrio. Não é a primeira vez que, no governo Bolsonaro, se tenta impedir que se realizem eventos ligados à esquerda”, disse Boulos, informando ainda que manterá a atividade na rua, em frente ao IFPR


O líder do MTST Guilherme Boulos denunciou em seu Facebook proibição de palestra que seria dada no Instituto Federal do Paraná (IFPR) nesta sexta-feira (9) por determinação do procurador da instituição. Ele afirmou que a atividade vai ser mantida, na rua, em frente ao Instituto


“É mais um arbítrio. Não é a primeira vez que, no governo Bolsonaro, se tenta impedir que se realizem eventos ligados à esquerda, críticos ao governo, ligados à oposição nas dependências de instituição de Ensino. Educação é um espaço de diversidade, é um espaço que tem que ter a crítica, tem que ter o contraditório”, afirmou Boulos em vídeo.

Ele ainda confirmou a atividade. “A atividade vai acontecer, amanhã, no Instituto Federal do Paraná. Nos proibiram a entrada, o uso da sala, das dependências do Instituto, então nós vamos fazer a atividade na frente, junto com os estudantes. Ela está mantida, nós não vamos aceitar arbítrio, nós não vamos aceitar proibição, veto”, disse.

“A direita pode fazer, como faz, suas atividades em universidade e institutos e tentam agora silenciar, bloquear essa participação. É próprio de quem entende a educação de uma maneira estreita”, declarou.

via Revista Fórum

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe