Presidente da Câmara sinaliza que vai “abrir a gaveta”

08/09/2021 0 Por Redação Urbs Magna
Presidente da Câmara sinaliza que vai “abrir a gaveta”

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Arthur Lira afirmou que não vê mais espaço para “radicalismos e excessos”, que é hora de dar “um basta nas escaladas” de tensões e que está aberto a conversas e negociações para acalmar os ânimos

Arthur Lira disse que não vê mais espaço para “radicalismos e excessos”, que é hora de dar “um basta nas escaladas” de tensões e que está aberto a conversas e negociações para acalmar os ânimos – uma sinalização de que o presidente da Câmara dos Deputados pode abrir, finalmente a gaveta ou receber uma nova proposta de abertura de processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro, após suas falas durante as manifestações de 7 de setembro, cujos atos foram marcados por pautas antidemocráticas, como pedidos de fechamento do STF (Supremo Tribunal Federal) e intervenção militar e com discursos golpistas, especialmente o que foi feito na Avenida Paulista, em São Paulo, mas também o da Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Após o sinal de Lira, partidos passaram a falar mais claramente na possibilidade de apoiar os processos de afastamento do presidente, conforme publicou o UOL. De acordo com a mídia, Lira disse em um pronunciamento que ainda não havia se manifestado sobre o tema “porque não queria ser contaminado pelo calor do momento”, mas que agora “estende a mão aos demais poderes para que se voltem ao trabalho encerrando desentendimentos”. O presidente da Câmara ainda acrescentou que “temos a nossa Constituição, que jamais será rasgada”.

Comente