PINOQUIONARO 59% X 41% HADDAD – PESQUISA DATAFOLHA realizada antes do ESCÂNDALO DO CAIXA 2

18/10/2018 0 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna, 19 de outubro de 2018, 00:30 GMT


Bolsonaro tem 59% dos votos válidos contra 41% de Haddad, diz Datafolha

O capitão reformado e o ex-prefeito de SP subiram um ponto percentual em relação à pesquisa da última semana


 Receba nossas atualizações direto no seu WhatsAppRECEIVE UPDATES WHATSAPP IN ENGLISH


São Paulo — No Datafolha desta quinta-feira (18), o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 59% dos votos válidos, contra 41% de seu adversário, Fernando Haddad (PT).

Na semana passada, o pesselista tinha 58% e o petista, 42%. Os votos válidos excluem os brancos, nulos e indecisos.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O índice de confiança é de 95%.

Na conta dos votos totais, o capitão reformado tem 50% das intenções e o ex-prefeito de SP, 35%. Os brancos e nulos são 10% e os indecisos, 5%.

Na rejeição, Bolsonaro tem 41% e Haddad tem 54%.

O Datafolha ouviu 9.371 eleitores entre os dias 17 e 18, ou seja, os escândalos divulgados hoje não alteram substancialmente o resultado sendo necessário esperar outra pesquisa.

Denúncia de hoje

Nesta quinta-feira, a Folha de São Paulo noticiou que ao menos 4 empresas pagaram para disparar mensagens em massa no WhatsApp de apoio ao líder nas pesquisas, Bolsonaro, e críticas ao PT. A prática, segundo a reportagem, é ilegal.

Durante a tarde, dois pedidos de investigação foram protocolados na Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE). O Ministério Público Eleitoral (MPE) afirmou que vai apurar as denúncias. É esperado que outras representações sejam apresentadas diretamente ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Diga NÃO à introdução deste SÍMBOLO  SUÁSTICA PNG  em nossa BANDEIRA – Participe do Grupo WhatsApp ‘ISSO NÃO! ISSO NUNCA!’ clicando na IMAGEM ABAIXOGRUPO WHATSAPP ISSO NÃO ISSO NUNCA


 

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.