Papa: “Com Satanás não se pode dialogar porque ele é mais inteligente que nós”

14/12/2017 0 Por Redação Urbs Magna

Com palavras diretas e claras, o Papa Francis advertiu que o diabo não é um conceito difuso , mas a encarnação do mal em uma pessoa. Não o vemos, mas ele consegue agir sem que as vítimas percebam. Elas perdem o controle de si mesmas e não sabem que estão entrando em uma espiral do mal.

Em entrevista ao canal católico italiano TV2000, transmitido na quarta-feira, o Papa disse em uma linguagem muito coloquial que o diabo “é o mal”. Não é uma coisa difusa, mas uma pessoa ».

Em um tom severo, ele acrescentou que “com Satanás você não pode falar. Se você começar a dialogar com Satanás, você está perdido. Ele é mais inteligente que nós. Isso o transforma de cabeça para baixo, faz a sua cabeça girar e você está perdido “.

A entrevista de Francisco com o capelão da prisão de Pádua, Marco Pozza, ocorreu em um clima de confiança mútua, quase de intimidade.

Não era um discurso para o público ou uma homilia, mas a conversa de um veterano sacerdote com outro jovem sobre os perigos de que ele conhece bem por ter pregado tantas vezes os Exercícios Espirituais e por ter visto os estragos do diabo na alma e o comportamento de muitas pessoas .

Nesse clima, Francisco reconheceu que o diabo “conosco, sacerdotes e bispos sempre finge ser educado”. Se você não perceber com o tempo, você acaba mal “.

Channel TV2000 está transmitindo a entrevista em semanas sucessivas, avaliadas como breves comentários pelo Papa em cada uma das frases da “Oração do Senhor”.

Na semana anterior, Francisco mencionou que, em inglês e francês, a tradução tradicional de “não nos leva à tentação” não corresponde ao significado dessa frase, que, por sua vez, sempre foi bem expressa em espanhol com “Não nos deixe cair em tentação”.

O Papa comentou que os franceses já o mudaram porque “sou eu quem cair em tentação, não é Deus quem me deixa tentado a ver como eu caio. Um pai não faz isso. Um pai ajuda a se levantar de imediato ».

𝘊𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵𝘦 𝘤𝘰𝘮 𝘴𝘦𝘶 𝘍𝘢𝘤𝘦𝘣𝘰𝘰𝘬 𝘰𝘶 𝘶𝘵𝘪𝘭𝘪𝘻𝘦 𝘢 𝘰𝘶𝘵𝘳𝘢 𝘴𝘦çã𝘰 𝘮𝘢𝘯𝘵𝘪𝘥𝘢 𝘢𝘣𝘢𝘪𝘹𝘰. 𝘖𝘴 𝘤𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦 𝘳𝘦𝘴𝘱𝘰𝘯𝘴𝘢𝘣𝘪𝘭𝘪𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘲𝘶𝘦𝘮 𝘰𝘴 𝘱𝘶𝘣𝘭𝘪𝘤𝘢 𝘦 𝘱𝘰𝘥𝘦𝘮 𝘯ã𝘰 𝘳𝘦𝘧𝘭𝘦𝘵𝘪𝘳 𝘢 𝘰𝘱𝘪𝘯𝘪ã𝘰 𝘥𝘰 𝘴𝘪𝘵𝘦. 𝘛𝘦𝘹𝘵𝘰𝘴 𝘷𝘶𝘭𝘨𝘢𝘳𝘦𝘴 𝘦 𝘥𝘪𝘴𝘤𝘶𝘳𝘴𝘰𝘴 𝘥𝘦 ó𝘥𝘪𝘰 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦𝘴𝘯𝘦𝘤𝘦𝘴𝘴á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘢 𝘢 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘳𝘶çã𝘰 𝘥𝘦 𝘶𝘮𝘢 𝘴𝘰𝘤𝘪𝘦𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘤𝘪𝘷𝘪𝘭𝘪𝘻𝘢𝘥𝘢. 𝘕𝘦𝘴𝘵𝘦𝘴 𝘤𝘢𝘴𝘰𝘴, 𝘳𝘦𝘴𝘦𝘳𝘷𝘢𝘮𝘰-𝘯𝘰𝘴 𝘰 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘣𝘢𝘯𝘪𝘳 𝘴𝘦𝘶𝘴 𝘱𝘦𝘳𝘧𝘪𝘴.
Anúncios