Padre Fabio de Melo critica “saidinha” de Alexandre Nardoni no Dia dos Pais e sugere só deveria ser permitida no dia de finados, para que visitassem os túmulos dos que eles mataram


Pelo Twitter, nesta quinta-feira (8), o padre Fábio de Melo criticou a “saidinha” concedida a Alexandre Nardoni da penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo, em razão do Dia dos Pais. Para o padre, “a “saidinha” deveria ser permitida somente no dia de finados. Para que visitassem os túmulos dos que eles mataram”


Alexandre Nardoni, condenado pela morte da filha Isabella, deixou a P2 de Tremembé (SP) na manhã desta quinta-feira (8) para a saída temporária de Dia dos Pais. Nardoni, que está no regime semiaberto desde o fim de abril, foi beneficiado pela primeira vez com a ‘saidinha’

Ele deixou o presídio em uma Mitsubishi L200 Triton branca com vidros escuros, por volta das 8h. O veículo está registrado no nome da empresa da sua família. Ele entrou na caminhonete ainda dentro do presídio, enquanto os outros presos com o benefício saíram a pé da P2.

Não entendo de leis, mas a “saidinha” deveria ser permitida somente no dia de finados. Para que visitassem os túmulos dos que eles mataram. https://t.co/WnS4Swov6F

— padrefabiodemelo (@pefabiodemelo) August 8, 2019

via Revista Fórum

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.