O PT é uma “reserva de integridade que esse país tem”, disse Jô Soares a LULA, em uma de suas entrevistas

Autor de vídeo resgatado na web diz que o entrevistador abriu espaço para o ex-presidente “provar a verdade”

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o ex-presidente LULA sendo entrevistado pelo apresentador Jô Soares, que faleceu na madrugada de ontem (5/7), após ser vitimado por complicações de um tratamento de penumonia.

Na descrição das imagens compartilhadas no aplicativo Tik Tok, o autor, o perfil @vaipaolla, afirma que “Jô abriu espaço na TV para LULA provar a verdade”.

A gravação do programa mostra o apresentador defendendo LULA e o ainda jovem Partido dos Trabalhadores. Jô soares disse, na ocasião, que a legenda é uma “reserva de integridade que esse país tem”.

Veja abaixo e leia mais a seguir:

Na descrição das imagens compartilhadas no aplicativo Tik Tok, o autor, o perfil @vaipaolla, afirma que “Jô abriu espaço na TV para LULA provar a verdade”

O programa é o ‘Jô Soares Onze e Meia’, do ano de 1997 – cinco anos antes de LULA vencer a eleição presidencial de 2002, quando o ex-presidente argumentava que, já naquela época, era vítima constante de mentiras espalhadas por meio de panfletos que o acusavam de corrupção.

Na década de 1990, quando o primeiro aparelho celular foi lançado no Brasil, ainda não existiam aplicativos nos apelidados ‘tijolões’, que tinham apenas a função de telefone. Os ataques de fake news eram impressos e distribuídos em pontos estratégicos para difamar nomes de políticos.

Uma das mentiras que, de acordo com LULA foram espalhadas em São Paulo, era que ele ia assistir aos jogos de seu time, o Corínthians, por meio de um túnel, exclusivamente construído para ele. Outra era que o então deputado federal possuía uma mansão no Guarujá.

A história recente registrou tema semelhante, desta vez sobre o famigerado Triplex, que, segundo Lula e sua defesa, é uma farsa atribuída ao ex-juiz Sergio Moro, que nunca apresentou provas de sua acusação.

Depois, o STF acabou declarando Moro suspeito para julgar LULA, que se tornou o atual líder das pesquisas de intenção de voto, podendo ganhar a eleição presidencial de outubro já no primeiro turno.

Assista à íntegra do programa:

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.