“O ódio ao pacto civilizatório une essa gente asquerosa”, diz Reinaldo Azevedo sobre bolsonaristas

Jornalista disse que o ex-presidente “resolveu botar a boca no trombone sujo para contestar as evidências de descaso com os Yanomamis” e “a extrema-direita respondeu em massa nas redes, claro

O ódio ao pacto civilizatório une essa gente asquerosa“, disse em seu perfil no Twitter o jornalista Reinaldo Azevedo sobre “o ódio” de bolsonaristas “a comunidades tradicionais“. Segundo o autor do texto no microblog, o sentimento “é um dos pilares da obsessão homicida da turma“.

Azevedo argumentava sobre a reação do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que “mal reagiu às evidências de que se envolveu com a patuscada golpista” e agora “resolveu botar a boca no trombone sujo para contestar as evidências de descaso com os ianomâmis”.

Segundo o nornalista, elas já foram “comprovadas por fontes independentes”. Azevedo diz que “a extrema-direita respondeu em massa nas redes, claro“, à fala de Bolsonaro sobre a ‘encenação’ das “crianças subnutridas“.

Seus sociopatas repetem a mentira. O ódio ao pacto civilizatório une essa gente asquerosa. Ponto“, disse Reinaldo Azevedo.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.