O nepal está situado em uma das regiões mais perigosas da terra

26/04/2015 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

inglêsespanholO ‘encaixamento’ da placa da Índia sob a placa da Eurasia gera inúmeros terremotos e, consequentemente, torna esta área uma das regiões mais perigosas da Terra.


CAPA URBSMAGNA
última atualização em 12/05/2015

Outro terremoto no Nepal com 7.3M revelou que o Nepal é um dos locais mais perigosos do mundo. Antes, um terremoto de 7.8M(magnitude) sacudiu o Nepal em 25 de abril. Estes tremores são resultantes do impulso de uma falha situada em área do território nepalês, próxima ao encontro entre as placas tectônicas da Índia e da Eurásia. O movimento de subducção da primeira contra a segunda em direção ao norte-nordeste ocorre a uma taxa de 45 milímetros por ano e, eventualmente, provoca abalos sísmicos com magnitudes variadas em decorrência da tensão liberada pela acomodação tectônica entre as duas placas e falhas dispostas no entorno de seu encontro.

A Cordilheira do Himalaia surgiu como resultado desses movimentos no interior do planeta, quando a placa da Índia segue convergindo com a placa da Eurasia ocasionando o constante soerguimento daquela cadeia de montanhas. Lá está localizado o Monte Everest, a mais alta montanha da Terra com proeminência de 8.848 metros, onde também ocorreu uma avalanche decorrente do terremoto em 25 de abril.

O resultado dessa movimentação ininterrupta do nosso planeta é uma sequência de terremotos em escalas variadas em um espaço de tempo relativamente curto, considerando-se todas as magnitudes registradas pelos cientistas. Para se ter uma idéia, após este grande terremoto do Nepal já ocorreu na mesma área, até o momento desta postagem, uma sequência de outros terremotos com magnitude inferior sem risco para a população, mas com tremores precebidos por qualquer um, o que é bem normal por lá. Mas, dentro de um raio de 250km, os maiores abalos ocorridos com prejuízos consideráveis foram um terremoto de 6,9M em agosto de 1988, 240 km a sudeste do evento de 25 de abril, causando a morte de aproximadamente 1.500 pessoas e outro maior de 8,0M em 1934 que ficou conhecido como o terremoto Nepal-Bihar e que destruiu severamente Kathmandu, capital do Nepal, causando cerca de 10.600 mortes.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe