Natália Bonavides: “Se eu não estivesse incomodando certos canalhas, estaria fazendo algo errado”

A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) e o apresentador Ratinho durante performance em seu programa de rádio, exibido nesta quarta-feira (15/12), quando disse que “a gente tinha que eliminar esses loucos“, antes de mencionar sobre “pegar uma metralhadora” | Imagem reprodução Twitter | Sobreposição de imagens


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Ratinho sugeriu “pegar uma metralhadora” contra a deputada federal após mandar a parlamentar lavar as cuecas do marido

A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) afirmou em entrevista ao Fórum Onze e Meia, nesta quinta-feira (16/12), que se não estivesse “incomodando certos canalhas, estaria fazendo algo errado”, após o apresentador Ratinho sugerir “pegar uma metralhadora” contra ela, depois de tê-la mandado lavar as cuecas do marido.

Carlos Roberto Massa reagiu mal ao projeto de Lei, apresentado pela parlamentar, que acaba com os termos “marido e mulher” em celebrações de casamento.

Em seu programa de rádio, exibido nesta quarta-feira (15/12), o apresentador disse ainda que “a gente tinha que eliminar esses loucos“, antes de mencionar sobre a arma pesada. 

Natália disse que o apresentador fez incitação ao homicídio e o acusou de crime, acionando a Procuradoria da Mulher na Câmara, órgão que representa judicialmente deputadas vítimas de violência e discriminação, conforme foi noticiado no Estadão.

De acordo com o jornal, a deputada federal afirmou que “a declaração foi absurda e criminosa porque incitou violência contra mim“.

Isso vai ser apurado e investigado. Ontem estive na procuradoria legislativa, que vai me representar em ações tanto civis quanto criminais. Vamos tomar medidas também em relação à rádio, que é uma concessão pública, o que torna ainda mais grave o acontecido“, disse.

O apresentador também fez comentários machistas ao mandá-la “lavar roupa, costurar a calça do seu marido, lavar a cueca dele“.

“Isso é uma imbecilidade”, disse Ratinho.

O projeto de Lei apresentado por Bonavides sugere que o artigo 1.535 do Código Civil, para celebração matrimonial em cartório, seja alterado com a substituição do termo “marido e mulher” para “declaro firmado o casamento”.

É um projeto que faz uma alteração simples no Código Civil para incluir termos que valham para todos os casais, todas as famílias. O Ratinho criticou dizendo que eu havia proposto tirar pai e mãe da certidão de nascimento, o que não existe. Isso revela incapacidade de atacar o projeto por si só, porque ele só garante direitos, não tira de ninguém, não afeta negativamente ninguém, de tal forma que para atacar precisam inventar coisas que não são reais“, afirmou Natália ao Estadão.

No Twitter, a parlamentar já havia anunciado que “essas ameaças e ataques covardes não ficarão impunes“.

Natália Bonavides compartilhou as imagens em que “o apresentador utilizou uma concessão pública para cometer crime“, conforme disse no tuíte.

Vamos acioná-lo judicialmente, inclusive criminalmente“, prometeu.

Veja abaixo e leia mais a seguir:

Originally tweeted by Natália Bonavides (@natbonavides) on 15/12/2021.

Em entrevista ao Fórum Onze e Meia, a parlamentar disse que desde que assumiu o mandato, tem sido vítima de ameaças diárias, muitas vindas do gabinete do ódio, por sua atuação pela defesa das minorias em espaços de poder.

Leia na Fórum.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.