Não aceitamos alegação de fraude porque a urna eletrônica é sucesso há anos, diz Augusto Aras (vídeo)

O PGR defendeu o processo eleitoral em uma entrevista a estrangeiros, mas evitou criticar Bolsonaro

O procurador-geral da República, Augusto Aras, divulgou um vídeo nesta quinta-feira (21/7) defendendo o sistema eleitoral brasileiro, sem, contudo, fazer qualquer referência ao presidente Jair Bolsonaro (PL), que na segunda-feira (18/7) atacou as urnas eletrônicas e o processo de votação brasileiro diante de embaixadores de todo o mundo.

Nós não aqui aceitamos alegação de fraude porque nós temos visto o sucesso da urna eletrônica ao longo dos anos, especialmente no que toca à lisura dos pleitos“, disse o produrador-geral nas imagens registradas durante uma entrevista a correspondentes estrangeiros no último dia 11 de julho, na sede da PGR.

O começo do vídeo exibe uma nota em que Aras argumenta “diante dos últimos acontecimentos no país“, sobre a “necessidade de distanciamento, independência e harmonia entre os poderes“.

As instituições existem para intermediar e conciliar os sagrados desejos do povo, reduzindo a complexidade das relações entre governantes e governados“, disse o PGR.

Assista a seguir:

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.