Múcio: Lula não abre mão da punição a responsáveis pelo ‘8 de Janeiro’ e investigações vão até o fim

Troca de comando do Exército se deve à falta de habilidade em derrubar resistências às investigações sobre participação de militares e parentes nos atos antidemocráticos que culminaram com o ataque aos Três Poderes

O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, afirmou que o Presidente do BrasilLuiz Inácio Lula da Silva (PT) não abre mão da punição dos responsáveis pela invasão e depredação das sedes dos Três Poderes, ocorrida há duas semanas, no episódio ‘8 de Janeiro‘ e que não há como impedir as investigações.

Lula não vai perdoar ataques golpistas. Investigações vão até o fim. Acabou o clima de confiança e resolvemos mudar o comando”, disse, conforme transcrição na Folha de S. Paulo deste domingo (22/1), ao argumentar sobre os motivos que levaram à demissão do ex-comandante do Exército, Júlio César de Arruda. No comando estará o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva.

Arruda não estaria conseguindo derrubar resistências internas às investigações sobre participação de militares e parentes nos atos antidemocráticos que culminaram com o ataque ao Congresso, Palácio do Planalto e STF (Supremo Tribunal Federal).

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.