Moro sofre de “juizite prolongada grave e inédita” que causa “esquisita prepotência, sem escusas”

Flávio Dino concluiu que o ex-juiz tem a ‘doença’ após declarações como “o Supremo está errado“, “o TCU está abusando“, “advogados são bandidos” e “não debato com Ciro Gomes

O Supremo está errado; o TCU está abusando; advogados são bandidos. Não debato com Ciro Gomes”. Estas são frases atribuídas ao ex-juiz declarado suspeito pelo STF, o pré-candidato à Presidência Sergio Moro, que o governador do Maranhão reproduziu em seu perfil no microblog Twitter para demonstrar como chegou à conclusão de que o pré-candidato à Presidência está sofrendo de “juizite prolongada“.

Segundo Dino, a ‘doença’ é “um caso grave e inédito” que causa como maior sintoma “uma esquisita prepotência. Sem escusas“.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.