Moro discursa e dança valsa no casamento de Carla Zambelli


A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) realizou a cerimônia festiva de seu casamento com o coronel Antônio Aginaldo de Oliveira nesta sexta (14), em Brasília. O casamento no civil havia sido celebrado em dezembro do ano passado.

A primeira-dama Michelle Bolsonaro, os ministros Abraham Weintraub (Educação), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Sergio Moro (Justiça) e a atriz Regina Duarte, convidada para assumir a Secretaria Especial da Cultura, estavam entre os convidados.

“Não é todo mundo que sai na rua com coragem para protestar, para manifestar pelo bem do país. Eu, sinceramente, não sei se teria esse tipo de coragem”, disse Moro, que foi convidado a discursar.

Durante a cerimônia, uma bandeira do Brasil foi levada ao altar ao som do hino nacional —que, por sua vez, precisou ser cantado a capella após uma falha na aparelho de som.

“É uma guerreira. Sem formação de policial militar, mas mereceria aqui uma medalha de caveira honorária do próprio especial do Bope“, seguiu.

Emocionada, Carla Zambelli enxuga suas lágrimas ao ouvir o discurso. “Que sejam felizes para sempre, é o que a gente pode desejar”, finaliza Moro, que estava acompanhado de sua mulher, Rosangela.

Em seguida, Zambelli diz que fará uma homenagem ao casal Rosangela e Moro. “A música é tão boa que a gente vai dançar também”, afirma a deputada. Os dois casais valsam, então, “La Vie En Rose”, de Édith Piaf (1915-1963).

Assista ao vídeo do discurso:

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.