MERCADO REJEITA REFORMA TRIBUTÁRIA DE BOLSONARO – CÁLCULOS PREVÊEM ROMBO DE R$27 BILHÕES

24/10/2018 1 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna, 24 de outubro de 2018, 11:34 GMT


O candidato do PSL traria sérios riscos à nossa economia com previsões calculadamente acertadas por especialistas na casa dos R$ 27 bilhões

Economista Marcos Cintra, que trabalha na proposta, diz que modelo final evitará perdas


 Receba nossas atualizações direto no seu WhatsAppRECEIVE UPDATES WHATSAPP IN ENGLISH


Da Folha – A proposta de reforma tributária do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) vai provocar um rombo anual de R$ 27 bilhões se for implementada da maneira como está, segundo cálculos feitos a pedido da Folha pelo economista Sergio Gobetti.

Como a Lei de Responsabilidade Fiscal não permite a redução de impostos sem a criação de compensações, o caminho mais provável para zerar as contas é por meio de corte de subsídios para empresas e de deduções no Imposto de Renda de Pessoa Física.

A proposta de reforma de Bolsonaro, feita pelos economistas Paulo Guedes e Marcos Cintra, está baseada em quatro pilares: isenção de Imposto de Renda para quem ganha até cinco salários mínimos (R$ 4.770); adoção de uma alíquota única, de 20%, para as demais faixas de renda; tributação das empresas, que hoje vai de 24% a 34%, em 20%; e aplicação da mesma alíquota de 20% para o pagamento de dividendos, o lucro distribuído para acionistas de empresas.

Atualmente, não paga IR quem ganha até R$ 1.903,98 por mês, já descontada a contribuição para a Previdência.

Leia mais aqui


Diga NÃO à introdução deste SÍMBOLO  SUÁSTICA PNG  em nossa BANDEIRA – Participe do Grupo WhatsApp ‘ISSO NÃO! ISSO NUNCA!’ clicando na IMAGEM ABAIXOGRUPO WHATSAPP ISSO NÃO ISSO NUNCA