Menos bala, mais giz – somos todos professores

02/05/2015 0 Por Redação Urbs Magna

O Centro Cívico, região do conflito da PM do Paraná com os Professores ocorrido em Curitiba em 29 de abril, amanheceu com várias cruzes afixadas em uma das rotatórias de acesso às suas saídas principais. Muitas delas com a frase “MENOS BALA, MAIS GIZ – Somos Todos Professores”. Várias outras, com fotos (veja infográfico) dos 31 deputados da base governista envolvidos diretamente na votação que aprovou a lei da previdência no fim da tarde da mesma data e que foi sancionada pelo governador do estado, Beto Richa, em 30 de abril. Segundo o governo o projeto acarretará em economia de R$125mi mensais aos cofres do estado. Os protestos foram baseados na premissa de que. com o tempo, alterações no ParanaPrevidencia faria com que a instituição tivesse mais a pagar do que a receber.
O ParanaPrevidencia é composto pelos fundos Militar, Financeiro e Previdenciário e pagava mais de R$502mi mensais em aposentadorias e pensões. Mais de 33 mil beneficiários acima de 73 anos de idade passarão do fundo Financeiro – bancado pelo governo do estado – para o Previdenciário – composto por contribuições dos servidores estaduais. Este último, segundo o governo, está capitalizado em mais de R$8,5bi em investimentos, o que preservará todas as garantias aos funcionários públicos do estado além de iniciar aporte de R$1bi em 2021 com o reinício do repasse dos royalties da usina de Itaipu ao Estado, o que garantirá a solvência do sistema por pelo menos 29 anos.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.