Maduro anuncia que a Venezuela desenvolveu medicamento 100% eficaz contra o coronavírus

25/10/2020 0 Por Redação Urbs Magna

O fármaco é baseado na molécula DR10, que é usada como tratamento para hepatite C, papilomavírus humano (HPV) e Ebola

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que seu país conseguiu desenvolver um medicamento que anula “100%” o coronavírus.

O medicamento é baseado na molécula DR10, que é usada para tratar a hepatite C, o papilomavírus humano (HPV) e o ebola, entre outras doenças. O Instituto Venezuelano de Pesquisa Científica (IVIC) realizou o estudo a respeito.

“Hoje posso dizer oficialmente que esta molécula […] foi testada para covid-19, todas as investigações foram feitas […] dito estudo durou 6 meses, resultando na aniquilação de 100% do vírus covid-19”, declarou o presidente em 25 de outubro.

“Quero dizer que a Venezuela obteve um medicamento que cancela 100% o coronavírus”, disse. O medicamento atua contra o coronavírus “sem nenhum tipo de toxicidade que afete as moléculas saudáveis”, disse o presidente venezuelano.

O estudo foi certificado por especialistas e cientistas, disse, acrescentando que “nos próximos dias procederão à construção da rota para, através da Organização Mundial de Saúde, ratificar os resultados obtidos pelo IVIC”. “Com a obtenção dessa ratificação da Organização Mundial da Saúde, iremos preparar a produção em massa, alianças internacionais para a produção em massa dessa molécula e fornecê-la mundialmente como uma cura contra o coronavírus”, disse.

Em seu perfil do Twitter, o presidente venezuelano disse que é uma “Tremenda Notícia!”

“Certificamos a molécula DR10 como um antiviral altamente eficaz na luta contra a Covid-19”, afirmou Maduro.

“Iniciamos o processo de certificação junto à OMS para oferecer este tratamento ao mundo”, continuou.

“Agradeço à equipe do IVIC por esta grande contribuição à humanidade”, pontuou.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.