Lula pode ter prisão domiciliar requerida diante do volume desproporcional de perseguição a que está sendo submetido

07/02/2019 0 Por Redação Urbs Magna

A condenação de Lula feita pela juíza Gabriela Hardt abriu mais uma rodada de possibilidades no entorno da defesa e do regime a que o ex-presidente está submetido. A possibilidade de que Lula seja transferido para o sistema prisional do Paraná depois dessa segunda condenação criminal levou apreensão no círculo de Lula. A defesa do ex-presidente no entanto, não acredita que a transferência possa ocorrer já que o ex-presidente ainda não teve sentença definitiva em nenhum processo.

A reportagem da jornalista Mônica Bergamo, publicada no jornal Folha de S. Paulo, destaca que os advogados de Lula “lembram ainda que outros ex-mandatários brasileiros jamais foram colocados em prisões comuns”.

E complementa: “a condenação reforçou a certeza de que dificilmente o ex-presidente será libertado nos próximos anos. A esperança agora recai sobre a possibilidade de uma prisão domiciliar.”

Et Urbs Magna via Folha de São Paulo / Brasil 247

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00

Comente