Lula pode dar entrevista para quem quiser, sem passar por autorização de Carolina Lebbos


Desembargador João Pedro Gebran, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), decidiu estender a todos os meios de comunicação que “postulem esse direito” a autorização concedida por Ricardo Lewandowski, do STF


O desembargador João Pedro Gebran, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), decidiu estender a todos os meios de comunicação que “postulem esse direito” a autorização concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, para o ex-presidente Lula conceder entrevista.



Com a decisão, Lula poderá ser entrevistado por quem ele quiser, sem a necessidade de autorização da juíza Carolina Lebbos, responsável pela custódia do ex-presidente.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo, na edição desta terça-feira (20) da Folha de S.Paulo. A jornalista, junto com Florestan Fernandes, do El País, foi a primeira a entrevistar Lula na prisão.


Comente

1 comentário em “Lula pode dar entrevista para quem quiser, sem passar por autorização de Carolina Lebbos”

  1. Pingback: Lula pode dar entrevista para quem quiser, sem passar por autorização de Carolina Lebbos — | Gustavo Horta

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.