Lula pede a Biden doação de estoque excedente de vacinas ao Brasil

17/03/2021 1 Por Redação Urbs Magna

O ex-presidente também afirmou que não negará convite para ser candidato em 2022. Se for escolhido e estiver bem de saúde, diz ele, será candidato, mas ponderou que sua prioridade agora é salvar o Brasil da covid-19

O ex-presidente Lula sugeriu hoje que o presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, doe parte do estoque excedente de vacinas contra a covid-19 ao Brasil.

A declaração foi dada em entrevista à CNN americana.

Uma sugestão que eu gostaria de fazer ao Biden é convocar uma reunião do G20. É urgente chamar os principais líderes mundiais e colocar na mesa um só assunto: vacina, vacina, vacina.

Eu sei que os EUA têm estoque de vacinas e que não vão usar todas. Talvez essas doses de vacina possam ser doadas ao Brasil ou países mais pobres que não podem pagar por ela“, disse Lula.

Na entrevista, Lula também diz estar direcionando o pedido a Biden porque não acredita no governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

Também não poderia pedir isso ao Trump, mas Biden é um sopro de democracia no mundo“.

Lula também afirmou que não negará convite para ser candidato em 2022. Se for escolhido e estiver bem de saúde, diz ele, será candidato, mas ponderou que sua prioridade agora é salvar o Brasil da covid-19.

“Se, quando chegar o momento de disputar as eleições, o meu partido e os outros partidos aliados entenderem que eu posso ser o candidato, e se eu estiver bem de saúde com a energia que eu tenho hoje, eu não negarei o convite”, falou Lula sobre o cenário eleitoral de 2022.

“Mas eu não quero falar disso. Minha prioridade máxima agora é salvar esse país”, completou o petista, em referência ao recrudescimento da pandemia de covid-19 no Brasil.

Na entrevista, Lula também lembrou que os Estados Unidos já adquiriram mais vacinas do que o necessário para vacinar toda a população do país. O ex-presidente levantou a possibilidade de que as doses excedentes poderiam ser repassadas ao Brasil ou a países que não têm condições de comprar vacinas.

Lula sugeriu ao presidente americano Joe Biden convocar uma reunião do G20 urgentemente para que os principais líderes do mundo discutam exclusivamente a questão da vacina.

“Estou pedindo que o presidente Biden faça isso porque eu não acredito no meu governo”, disse o petista. “Se fosse o Trump eu também não pediria porque também não acreditava nele. Mas o Biden é um novo respiro para a democracia”, completou.

A entrevista completa do ex-presidente Lula à jornalista Christiane Amanpour será exibida amanhã pela CNN Internacional.

Comente