Lula: “O Brasil não precisa ser lambe-botas dos EUA; isso cheira a campanha eleitoral

08/01/2020 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe


Publicado por ET URBS MAGNA

O presidente Lula criticou nesta quarta-feira 8/I, em entrevista ao DCM, a posição do governo Bolsonaro diante da crise entre Estados Unidos e Irã. “O Brasil sempre defendeu um discurso de paz. Não tinha que cair de joelhos aos pés do Trump”, disse.

Do Conversa Fiada – “O Brasil não precisa ser lambe-botas de ninguém. O Brasil precisa ser respeitado pela Bolívia e pelos EUA. Pela China e pelo Uruguai. É assim que se constrói um país soberano”, completou Lula.

Para ele, o acirramento da ofensiva estadunidense faz parte da campanha eleitoral deste ano.

“Os Estados Unidos gostam de criar confusão e de preferência longe do território deles. Não há necessidade de se inventar terrorismo no Irã. Os EUA precisam de inimigo sempre, isso está me cheirando a campanha eleitoral”, afirmou. “Trump sabe que não está fácil uma reeleição com a quantidade de coisas que ele faz e fala, por isso o discurso ‘América para os americanos’, essa coisa bem bairrista, funciona. Ele pode perder as eleições, e sempre uma guerra ajuda muito”, finalizou.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe