Líder de assentamentos morre a tiros na região da Transamazônica

15/12/2018 3 Por Redação Urbs Magna

Gilson Maria Temponi, líder de assentamentos em Placas, na região da Transamazônica, no Pará, foi assassinado na manhã deste sábado (15), em Rurópolis, no sudoeste do estado. Conhecido como Mineiro, de 43 anos, ele foi atingido a tiros no portão de casa. Dois homens suspeitos do crime conseguiram fugir.

A esposa da vítima compareceu à delegacia de Polícia Civil de Rurópolis para registrar o caso. Ela disse à polícia que era por volta de 8h quando os dois homens chegaram de moto na casa e bateram na porta. A esposa disse ainda que Gilson decidiu atender e na hora de abrir o portão, e acabou sendo alvejado com três tiros.

A esposa também disse que Gilson ainda conseguiu fechar o portão, entrar em casa e pedir ajuda, mas desmaiou nos braços dela. Vizinhos ouviram pedidos de socorro e levaram a vítima ao hospital da cidade, onde morreu pouco tempo depois. A Polícia Civil já abriu um inquérito para investigar o crime.

Vítima sofria ameaças

Gilson Maria Temponi era presidente da Associação dos Agricultores Nova Aliança, dos assentamentos “PDS Castanheiro”, “Arthur Faleiro” e “Avelino Ribeiro”. A associação reúne cerca de 600 famílias, que vivem de forma precária, aguardando decisão do Incra sobre a regularização fundiária.

Desde 2008, Gilson lutava pela regularização de terras junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Segundo as investigações, a vítima já vinha sofrendo ameaças de pistoleiros. Há cerca de um ano, ele se mudou do município de Placas para Rurópolis, temendo pela vida da família.

Via G1

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.