Lava Jato de Curitiba reconhece que palestras de Lula eram legais

22/09/2020 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Apesar disso, “não reparam o estrago, não pedem desculpas, não divulgam para a imprensa, não saem notícias na TV e rádios do mesmo jeito que fazem quando acusam”, diz site do ex-presidente

Nesta terça-feira (22), o site de Lula disse que, após cinco anos, a Operação Lava Jato de Curitiba reconheceu a legalidade das palestras do ex-presidente, mas nada foi dito à imprensa e o estrago que havia sido feito não é reparado deixando o petista, injustamente, carregar a má fama que lhe foi preparada via uma orquestração de mentiras cuja finalidade era tão somente destruir sua reputação e dar margem à ascensão do neoliberalismo no Brasil.

“Entre 2011 e 2015, o ex-presidente Lula fez palestras ao redor do mundo para mais de 40 empresas diferentes”, escreveu o site que prosseguiu, confirme abaixo:

“A própria Lava Jato investigou a realização de todas as conferências e depois de cinco anos a Polícia Federal e o Ministério Público não conseguiram apresentar nem uma acusação inventada em torno das palestras. E arquivaram essa acusação

Entretanto, depois de muito acusarem e insinuarem, quando não acham crime, não reparam o estrago, não pedem desculpas, não divulgam para a imprensa, não saem notícias na TV e rádios do mesmo jeito que fazem quando acusam

E desta forma, fica a difamação, a destruição e o dano à imagem. Fica também o dano ao País. É por isso que precisamos continuar com a divulgando da verdade

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe