IPEC: LULA pode vencer no primeiro turno, com 44% das intenções de voto

Os outros candidatos somaram pouco mais de 41%: Bolsonaro 32%, Ciro Gomes 6%, Simone Tebet 2%, Vera 1% e os demais menos de 1% cada

Nova pesquisa IPEC, encomendada pela TV Globo e divulgada na noite desta segunda-feira (15/8), mostra que o ex-presidente LULA pode vencer no primeiro turno da eleição presidencial de outubro por 44% contra 41% de todos os outros candidatos somados. O presidente Jair Bolsonaro (PL) obteve 32% das intenções de voto, enquanto Ciro Gomes (PDT) ficou com 6%, Simone Tebet (MDB) obteve 2% e Vera (PSTU) registrou 1%. Os demais, Constituinte Eymael (DC), Felipe d’Avila (NOVO), Léo Péricles (UP), Pablo Marçal (PROS), Sofia Manzano (PCB) e Soraya Thronicke (UNIÃO), que foram citados no levantamento realizado entre 12 e 14 de agosto, não atingiram 1% das intenções de voto. Branco/nulo registrou 8% e Não sabe/não respondeu, 7%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa mostra que Lula vai melhor entre os jovens, os mais pobres e os que vivem na região Nordeste. As intenções de voto no petista são mais expressivas entre: 1) Eleitores que avaliam como ruim ou péssima a gestão do presidente Jair Bolsonaro (73%); 2) Aqueles que têm renda familiar mensal de até 1 salário mínimo (60%); 3) Os que vivem na região Nordeste (57%); 4) Aqueles que têm ensino fundamental (53%); 5) Jovens de 16 a 24 anos (52%); 6) Eleitores em domicílios que alguém recebe benefício do governo federal (52%); 7) Os católicos (51%).

Já Bolsonaro vai melhor entre homens e evangélicos: 1) Eleitores que avaliam positivamente a sua gestão atual (81%); 2) Os evangélicos (47%); 3) Aqueles cuja renda familiar mensal é superior a 5 salários mínimos (46%) e de mais de 2 a 5 salários mínimos (41%); 4) Homens (37%, entre as mulheres é citado por 27%). Segundo o Ipec, os outros candidatos “apresentam intenções de voto distribuídas de maneira homogênea nos segmentos analisados”. A pesquisa ouviu 2.000 pessoas no período citado, em 130 municípios, e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR-03980/2022.

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.