Investigados querem mudar ‘Lei da Ficha Limpa’ para se reelegerem em 2018

11/11/2017 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Um projeto que enfraquece a Lei da Ficha Limpa está sendo amplamente apoiado no Congresso. Tal proposta é defendida especialmente por parlamentares investigados na Lava Jato. Um requerimento de urgência foi assinado por líderes de 15 partidos.

O projeto é do deputado Nelson Marquezelli, do PTB, que responde a um inquérito no Supremo por suspeita de corrupção passiva. Mas ele se tornou bastante conhecido por sua afirmação de que “…os pobres que quisessem estudar ingressassem na USP ou deixassem de fazer faculdade.

Hoje, a Lei pode levar à cassação de centenas de mandatos de políticos eleitos em 2014 e 2016 podendo atingir 40 prefeitos, dois deputados federais e mais de 200 vereadores.

Rodrigo Maia disse que coloca o projeto em votação, se essa for a vontade da maioria dos líderes mas acrescentou que quem “…vive num lodaçal ético… chega a ser atrevimento postular uma candidatura para representar o povo”.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe