Guru de Bolsonaro ataca militares e ofende o general Villas Bôas

07/05/2019 0 Por Redação Urbs Magna

Olavo de Carvalho diz que militares se escondem atrás de “um doente preso a uma cadeira de rodas”

O escritor se refere à condição do general Eduardo Villas Bôas, que tem uma doença degenerativa

Olavo de Carvalho, escritor e guru do presidente Jair Bolsonaro (PSL), parece ter batido no fundo do poço. O escritor disse, em sua conta do Twitter, nesta terça-feira (7), com referência ao general Eduardo Villas Bôas, que os militares, sem argumentos para rebater suas críticas, se escondem atrás de “um doente preso a uma cadeira de rodas”, numa referência à condição do militar em razão de uma doença degenerativa.

“Há coisas que nunca esperei ver, mas estou vendo. A pior delas foi altos oficiais militares, acossados por afirmações minhas que não conseguem contestar, irem buscar proteção escondendo-se por trás de um doente…”

Villas Bôas, membro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), onde é assessor do general Augusto Heleno, entrou na briga contra o escritor Olavo de Carvalho. Villas Bôas publicou, nesta segunda-feira, na sua conta do Twitter, uma dura mensagem endereçada ao escritor.

Segundo Vilas Bôas, Carvalho tem um “vazio existencial” e “derrama seus ataques aos militares e às FFAA demonstrando total falta de princípios básicos de educação, de respeito e de um mínimo de humildade e modéstia”. “Verdadeiro Trotski de direita, não compreende que substituindo uma ideologia pela outra não contribui para a elaboração de uma base de pensamento que promova soluções concretas para os problemas brasileiros”, continua.

Bate-boca

O escritor Olavo de Carvalho, filósofo e guru de Jair Bolsonaro (PSL-RJ), chamou através de sua conta do Twitter, neste sábado (4), o ministro da Secretaria Geral, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, de “uma bosta engomada”.

A frase foi resultado de longo bate-boca entre os dois através da imprensa e também das redes sociais. O general Santos Cruz, afirmou, através do Poder 360, que o escritor Olavo de Carvalho é “um desocupado esquizofrênico”.

via Revista Fórum

Comente