Governo progressista de Alberto Fernández tem 79% de aprovação em meio à pandemia

08/05/2020 0 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna – “Prefiro uma fábrica vazia porque os trabalhadores estão em quarentena do que porque estão doentes ou mortos“, disse o presidente da Argentina, Alberto Fernández, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner, nesta sexta-feira (8).

79% dos argentinos aprovam seu governo, especialmente na condução da mais grave crise de Saúde dos últimos tempos: a pandemia de coronavírus.

O país dos ‘hermanos’ teve a quarentena decretada pelo governo progressista quase prematuramente, com poucos casos e com medidas eficientes para o achatamento da curva.

Comente