Governo do Futuro: Alckmin anuncia grande campanha de vacinação contra a Covid: “Não há nada mais triste do que perder um filho”

Artistas e lideranças farão parte dos trabalhos de vários ministérios e da sociedade civil na “grande campanha de conscientização”, afirmou o vice-Presidente eleito

“É a prioridade do Grupo de Transição, é fundamental que a gente desenvolva uma grande campanha de conscientização pela vacinação. Essa ação vai envolver o trabalho de vários ministérios, da sociedade civil. Vamos chamar artistas e lideranças para nos ajudar nessa grande campanha”, disse o vice-Presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), na noite deste domingo (4/11) sobre a prioridade do governo Lula quanto ao combate à Covid.

Em meio a mais uma onda de aceleração da doença, o país enfrenta baixa cobertura vacinal entre as crianças. Dados do governo federal mostram que cerca de 70% das crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose e apenas 50% receberam a segunda dose, conforme mostra matéria na Folha de S. Paulo. O percentual é ainda menor entre crianças de 3 e 4 anos, 18% receberam a primeira dose e pouco mais de 6%, a segunda.

Alckmin afirmou que a ideia é ter a participação de jogadores de futebol e artistas conhecidos para ajudar no convencimento da população.”Precisamos conscientizar a população e mostrar que não há nada mais triste do que perder um filho ou uma filha, ainda mais para doenças que podem ser evitadas com vacina“, disse Alckmin.

O Brasil era um exemplo para o mundo com seu protocolo e adesão à imunização. De repente, as pessoas deixaram de tomar vacina e não podemos deixar que isso se mantenha. Vamos trabalhar para que a vacinação esteja vinculada a outros programas“, disse Alckmin.

Pela lei que criou o Bolsa Família, assim como ocorreu também com o Auxílio Brasil, a vacinação em dia das crianças de até 6 anos é requisito básico para a família manter o benefício. O que ocorre é que não há acompanhamento.

Alckmin afirmou ainda que o Grupo de Trabalho defendeu a importância da aquisição de vacinas de maneira antecipada.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.