Golpe 2016 completa três anos. Saldo: economia no buraco, destruição das políticas sociais, ascensão da extrema direita, prisão de Lula e Estado de Exceção

12/05/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

“Abriram a caixa de Pandora”: Há três anos, Dilma era afastada e Temer assumia a presidência


No dia 12 de maio de 2016 Dilma era afastada e Michel Temer tomava posse como presidente interino do país; ex-presidenta, pelas redes sociais, lembrou da data; “Deu no que deu: ascensão da extrema direita, prisão de Lula e Estado de Exceção”

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Neste domingo (12) completam-se três anos que Dilma Rousseff foi afastada da presidência da República e Michel Temer assumiu como chefe do Executivo brasileiro. Em 12 de maio de 2016, o Senado Federal autorizou a abertura do proceso de impeachment contra a petista por crime de responsablidade.

Em suas redes sociais, a ex-presidenta rememorou a data e fez um balanço do que aconteceu de lá para cá.




“Hoje o Golpe de 2016, com o impeachment fraudulento que me arrancou da Presidência da República, completa três anos. Nessa data, os golpistas assumiam o poder. A abertura da caixa de Pandora tirou os monstros do armário, jogou economia no buraco, destruiu políticas sociais e inviabilizou o que construímos desde o fim da ditadura. E deu no que deu: ascensão da extrema direita, prisão de Lula e Estado de Exceção”, escreveu Dilma.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe