General ataca Gilmar e Lewandowski por voto pela liberdade de Lula

26/06/2019 0 Por Redação Urbs Magna

O militar Paulo Chagas disse suspeitar que Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski são mais “cumpanheros do que juizes”, em mais um sinal de que a caserna pressiona a suprema corte a manter o ex-presidente Lula como preso político

O general da reserva Paulo Chagas explicitou mais uma vez a pressão da caserna contra a suprema corte brasileira. “A tentativa de LEWANDOWSKI e de GILMAR MENDES para soltar LULA DA SILVA, “provisoriamente”, até que a “suspeição” sobre Sérgio Moro seja julgada, me permite “suspeitar” que juizes que soltam bandidos condenados em três instâncias são mais “cumpanheros” do que juizes”, escreveu. 

Confira abaixo:

A tentativa de LEWANDOWSKI e de GILMAR MENDES para soltar LULA DA SILVA, “provisoriamente”, até que a “suspeição” sobre Sérgio Moro seja julgada, me permite “suspeitar” que juizes que soltam bandidos condenados em três instâncias são mais “cumpanheros” do que juizes.— General Paulo Chagas (@GenPauloChagas) 26 de junho de 2019

via Brasil 247

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.