Felipe Santa Cruz diz que processará Diniz por “delação sob encomenda”

08/09/2020 1 Por Redação Urbs Magna

Acusado de comunista pelos bolsonaristas, Felipe Santa Cruz é delatado por Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomercio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio), em colaboração premiada que acusa o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de lhe pedir dinheiro em espécie para sua campanha de reeleição.

Santa Cruz diz que a denúncia é infundada e se deve a uma retaliação de Diniz, por ter sido obrigado a restituir R$ 58 milhões em sentença originada de processos de empresas que teriam sido lesadas e para as quais o presidente da OAB advogou.

Felipe Santa Cruz disse que vai processar Orlando Diniz mais uma vez e o desafiou a provar a verdade acrescentando que “quem confessa 50 anexos de crimes pode muito bem incluir algumas “delações por encomenda””:

Após os comentários, Santa Cruz criticou bolsonaristas por sua insistência em divulgações sobre o uso de cloroquina e mandou uma indireta para Eduardo Bolsonaro:

A hashtag #forasantacruz sobe no Twitter.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.