Faltou o polígrafo, diz jornalista sobre fala de Moro a Bial: “Não interferi na eleição”

O apresentador da Globo, Pedro Bial, entrevistou o ex-juiz federal e atual candidato à Presidência da República pelo Podemos, Sergio Moro, em programa que foi ao ar na madrugada desta quarta-feira (17/11) | Imagem fictícia | Sobreposição de imagens


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

“Não se sabe se o aparelho estava quebrado ou se Bial confia em Moro, escreve Chico Alves. “Se tirar da disputa o principal oponente de Jair Bolsonaro [LULA] não é interferência, o que seria?”

Faltou o polígrafo“, escreveu o jornalista Chico Alves, do UOL, sobre a entrevista em que o ex-juiz Sergio Moro mentiu para o apresentador Pedro Bial, do programa da Globo, Conversa Com Bial, ao dizer: “Eu não interferi naquele processo eleitoral“. Chico Alves questionou: “se tirar da disputa o principal oponente de Jair Bolsonaro não é interferência, o que seria?

Não se sabe se o aparelho estava quebrado ou se Bial confia em Moro“, disse o jornalista.

A fama de Sergio Moro é conhecida para além das fronteiras por toda a perseguição contra LULA, que de fato o tirou do processo eleitoral de 2018 para virar ministro da Justiça de Bolsonaro. E o combinado seria que ele se tornasse ministro no STF, já pensou? Com cargo vitalício até quando desejasse.

Pedro Bial não usou polígrafo, o aparelho detector de mentiras que o apresentador considera indispensável para conversar com o ex-presidente Lula“, escreveu o jornalista sobre uma declaração do apresentador em um extinto programa de TV lavajatista.

Teria sido interessante observar o efeito de algumas respostas do suposto presidenciável sobre a geringonça“.

Moro, o homem que determinou a prisão de Lula e depois teve a sentença anulada pelo Supremo Tribunal Federal“, lembra Chico Alves.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.